Dubrovinik, Croatia

_MG_0230

Ancient City Walls/ Muralha Antiga da Cidade

EN/  Dubrovinik is a beautiful city at the coast of Croatia which is known as the Pearl of the Adriatic. It really is that beautiful to deserve such nickname. The combination of the City Walls and forts protecting the old town with beaches and mountains really got me.

The two days there were spent in the Old Town where main touristic places are like: the squares, Cathedral, City Walls and port. You can expect big groups of tourists from cruises walking there, as well as steps, many steps.

If you ever go there, buy Dubrovinik Card which is 150.00 HRK and gives you free entrance to the City Walls and other 2 galleries as well as local bus rides. When we got to know it we already payed 130 HRK for the City Walls entrance, so it is really worth it.

PT/  Dubrovinik é uma bela cidade na costa da Croácia, que é conhecida como a Pérola do Adriático. É realmente muito bonita para merecer tal apelido. A combinação das muralhas da cidade e fortes que protegem a cidade antiga, com praias e montanhas realmente me encantou.

Os dois dias foram passados na Cidade Antiga, onde principais pontos turísticos estão como: praças, catedral, muralhas da cidade e o porto. Você pode esperar grandes grupos de turistas de cruzeiros que andando lá, bem como degraus, muitos degraus.

Se você um dia ir lá, compre o Dubrovinik Card que é 150.00 HRK e te dá entrada gratuita para as muralhas da cidade e outras 2 galerias, bem como passeios de ônibus locais. Quando ficamos sabendo disso já tínhamos pago 130 HRK para a entrada muralhas da cidade, então realmente vale a pena.

2016-06-09 16.21.55

Banje Beach

EN/ I found it very peculiar the way you access the beaches, there is always a bar or hotel you have to walk through and they seem fine with that. This beach is known to be “chic” and is the closest to the Old Town. Unfortunately later that night there were thunderstorms and the next day was rainy so my plans to visit the other beaches didnt happen.

It was very funny to see they do tours on “Game of Thrones”showing the locations they filmed. But I liked more the fact there were cats around, a city with cats is always a good place.

All locals at the apartment we stayed, serving at restaurants and on the streets were all very friendly, helpful and spoke good English. There are trees, plants and flowers everywhere, which I loved. They also have many vine trees on balconies and backyards.

I would definitely visit Dubrovinik again and get to know the modern side of the city too.

To see city photos see this album on Flickr.
And see the places I visited on the map in this itinerary here.

PT/ Achei bem peculiar a forma de acessar as praias, há sempre um bar ou hotel que você tem que passar por, e eles parecem ok com isso. Esta praia é conhecida por ser “chic” e é a mais próxima da Cidade Antiga. Infelizmente mais tarde naquela noite houve trovoadas e no dia seguinte estava chuvoso por isso os meus planos para visitar as outras praias não aconteceu.

Foi muito engraçado ver que eles fazem tour sobre “Game of Thrones”, mostrando os locais de filmagens. Mas eu gostei mais do fato de que havia gatos por lá, uma cidade com gatos é sempre um bom lugar.

Todos os moradores locais seja no apartamento em que ficamos, servindo em restaurantes e nas ruas foram todos muito simpáticos e prestativos e falavam um bom Inglês. Há árvores, plantas e flores em todos os lugares, que eu amei. Eles também têm muitas videira em varandas e quintais.

Eu definitivamente visitaria Dubrovinik novamente e conheceria o lado moderno da cidade também.

Para ver fotos da cidade veja esse
album no Flickr.
E veja os lugares que eu visitei no mapa nesse roteiro aqui.

Advertisements

Podgorica, Montenegro

27651826046_5aedbcd7a6_z

View of Ribnica River/ Vista do Rio Ribnica

 

EN/  Podgorica is the capital of Montenegro, which is in the Adriatic Sea where we spent just one day before going to Croatia. When researching places to visit there, I noticed that it was little touristy despite the natural beauty of the Ribnica River which crosses the city. Getting there confirmed my impression of a half-empty city, but full of trees and small squares.

That one day was enough to create 3 blisters from walking and noted that the city is quite simple for a capital. I realized how much they are religious when entering the beautiful Basilica with the largest chandelier I ever saw in my life (photo below).

PT/  Podgorica é a capital de Montenegro, que fica no Mar Adriático onde passamos apenas um dia antes de ir pra Croácia. Quando pesquisava lugares para visitar lá, notei que era pouco turístico apesar da beleza natural do Rio Ribnica que cruza a cidade. Chegando lá se confirmou minha impressão de uma cidade meio vazia, mas cheia de árvores e pracinhas.

Esse um dia foi suficiente pra criar 3 bolhas nos pés de tanto andar e notar que a cidade é bastante simples para uma capital. Deu pra perceber o quanto eles são religiosos ao entrar na bela Basilica com o maior lustre que já via na vida (foto abaixo).

2016-06-08 15.05.06

Basilica (Hram Hristovog Vaskrsenja)

 

EN/  Leaving Podgorica by coach towards Dubrovinik in Croatia (post here), enabled me to see how the country’s coast is beautiful and worth visiting, much touristic than the capital itself. It was a bumpy ride of 4h to me full of curves and the bus was a little old and the toilet not in use. Podgorica is worth visiting if you are passing by and you dont need many days there to get a feel of the city.

To see city photos see this album on Flickr.
And see the places I visited on the map in this itinerary here.


PT/
Saindo de Podgorica de ônibus rumo à Dubrovinik na Croácia (post aqui), deu pra ver o quanto a costa do país é bonita e merece ser visitada, sendo assim muito mais turística do que a capital em sí. Foi uma viagem turbulenta de 4h pra mim cheia de curvas e o ônibus era meio velho e estava com o banheiro interditado. Vale a pena visitar Podgorica se você estiver de passagem e você não precisa de muitos dias para conhecer a cidade.

Para ver fotos da cidade veja esse album no Flickr.
E veja os lugares que eu visitei no mapa nesse roteiro aqui.

Collections/ Coleções

passaportes_blog

Old passports and tickets. / Passaportes antigos e passagens.

PT/ Decidi fazer um vídeo mostrando o que fiz com as minhas coleções de passaportes antigos e passagens/tickets de viagens. Com essa combinação eu criei meu próprio álbum de passagens usando os passaportes, deixando tudo mais organizado, bonitinho e economizando espaço também.

Se você for armazenador de coisas como eu, essa é uma boa idéia!
Continue reading

Six Cities with Polaroid/ Seis Cidades com Polaroid

FB_IMG_1458750177910

My temperamental Polaroid/Minha Polaroid temperamental

EN/   Six Cities with Polaroid.

In 2013 I went for holidays back home in Brazil, during the months of July and August which is “winter” over there. I planned a couple of trips between my hometown Santos in the state of Sao Paulo, and 2 other States. In total I stayed in 6 different cities, and in each I took a Polaroid photo. I will show them all here!

PT/    Seis Cidades com Polaroid.

PT/ Em 2013 eu fui passar as férias no Brasil, durante os meses de Julho e Agosto, que é “inverno” por lá. Eu planejei algumas viagens entre a minha cidade natal Santos, no estado de São Paulo, e 2 outros estados. No total, eu fiquei em 6 cidades diferentes, e em cada uma eu tirei uma foto com a minha Polaroid. Vou mostrar elas todas aqui!
Continue reading

Cat in a Flat: Cat Sitting / Babá de Gatos

Screen Shot 2016-02-23 at 20.58.27

EN/  Cat Sitting

I recently signed up for Cat in a Flat Website and had my first clients.
Here I will explain how it works to be a cat sitter.

What is it?
A website for searching cat sitters.

How is it?
The pet owner searches according to location (neighbourhood), using distance to filter where the sitter intends to travel to, value and experience. Shows the sitters’ profiles  with description and information.

Everyone can register?
Yes, but it is preferable to have experience with cats. In your profile you can put how many years of experience you have, if you can handle medication, if you have or had cats. It is also possible to maintain a “customer” gallery with pictures of cats that you sitted. It is important to ask for references pros cat owners after each service, this reference will be made public on your profile, which will help to get more customers.

How it works?

1- After the search, the pet owner gets in touch with you to make sure you’re available dates he needs the service. They can hire and pay for one visit per day, or 2 visits a day with value stipulated by the sitter. I have stipulated a value that covers 2 bus tickets, although only work in the neighbourhood, sometimes it is necessary.

2. A meeting is scheduled to discuss other details and know the cat. At this meeting I already show the owner the contract sheet as well as other documents: information form on nutrition and cat schedules, emergency contact etc; vet form if you need to, and permission to get the key. In this first meeting is now only to review and explain it all, a meeting before the service (usually a pet owner’s trip) is that everything is written down and signed, as well as the delivery of the key is made.

3- At the second meeting you see where is the food, the quantity and frequency of feeding. Also gets to see where is the litter box, bags, and will need to replace the sand and when. We agreed about giving snacks, going out or not and sending pictures.

As it is with the cat?

Each is different but the first day I just take the food, clean pots and clean the litter box, try not to pet them and just let they smell me if they want. That’s because the cat saw me no more than 2 times, it doesn’t trusts me yet and if I anticipate myself they may not like to approach. I took care of 3, and only one of them up to now did show much affection, these other two were affectionate, I ended up staying longer there as they sat on my lap for about 10 minutes. Kira cat only drinks running water from the tap, then as soon as I arrived and before I left I would open the tap to let her drink it, despite always leaving an  clean little pot with water. From the 3, Smokey was more difficult to feed, I would fill the pot for him when I would arrive and he would eat it all in minutes, what made me put food again before leaving and was often the time for me to get my stuff and he would have eaten all over again.

At the end…
At the end is a matter of returning the key as agreed (in person or by putting in the mail box inside the house) and asking for references to your profile on the site. It is always good to add that cat in your gallery as well.

Check here my profile on Cat in a Flat: https://catinaflat.com/pet_sitter/2038


PT/  Babá de Gatos

Eu recentemente me inscrevi em um site de buscas de pet sitter/cuidadora/babá e tive as minhas primeiras clientes. Aqui vou explicar como ele funciona para ser uma babá de gatos.

O que é?
Um site de busca de cuidadores de gatos.

Como é?
O dono do pet busca de acordo com a localidade (bairro), usando filtro de distância que a babá está e pretende percorrer, valor e experiência. Aparecem perfis das babás com descrição e suas informações.

Todos podem se registrar?
Sim, mas é preferível ter experiência com gatos. No seu perfil você pode colocar quantos anos de experiencia você tem, se você sabe dar remédio, se tem ou teve gatos. Também é possivel manter uma galeria de “clientes” com fotos dos gatos que você cuidou. É importante pedir referencias pros donos dos gatos após cada serviço, essa referencia ficará pública no seu perfil, o que ajudará a conseguir mais clientes.

Como funciona?

1- Após a pesquisa, o dono do pet entra em contato com você pra verificar se você está disponivel as datas que ele precisa do seviço. Eles podem contratar e pagar por 1 visita por dia, ou 2 visitas ao dia com valor estipulado pelo cuidador. Eu estipulei um valor que cubra 2 passagens de ônibus, apesar de só trabalhar no bairro, as vezes é necessario.

2- Um encontro é marcado pra discutir outros detalhes e conhecer o gato. Nesse encontro eu levo já o contrato pro dono ler assim como outros documentos: formulário de informação sobre a alimentação e horários do gato, contato de emergencia etc; formulário do veterinário para caso precise, e autorização para pegar a chave. Nesse primeiro encontro é momento só de revisar e explicar isso tudo, um encontro antes do serviço (geralmente uma viagem do dono do pet), é que tudo é anotado e assinado, assim como a entrega da chave é feita.

3- No segundo encontro você vê onde fica a comida, as quantidades e frequencia da alimentação. Também tem que ver onde fica a caixa de areia, saquinhos, e se vai precisar trocar a areia e quando. Combinamos sobre dar petiscos, sair ou não e o envio de fotos.

Como é com o gato?
Cada um é de um jeito, no primeiro dia eu só dou a comida, limpos potinhos e limpo a caixa de areia, não tento fazer carinho e só deixo ele me cheirar se ele quiser. Isso porque o gato me viu no máximo 2 vezes, ainda não me conhece de verdade e se eu me adiantar ele pode não gostar de aproximação. Cuidei de 3, e só 1 deles até agora não quis carinho nenhum, esses outros dois por serem carinhosos, eu acabava ficando mais tempo na visita já que eles sentavam no meu colo por uns 10min. A gata Kira só bebe água corrente da torneira, então assim que eu chegava e antes de ir embora eu abria a torneira pra ela beber, apesar de deixar um potinho sempre limpo com água. Dos 3 o Smokey era mais difícil pra alimentar, eu enchia o pote dele quando chegava e ele comia tudo direto, o que fazia eu ter que dar comida de novo antes de sair e muitas vezes era o tempo de eu pegar minhas coisas e ele já havia comido tudo de novo. Já a Kira e a Zooey, eu dava ração e no outro dia ainda tinha ração no pote.

E por fim…
No final é questão de devolver a chave conforme foi combinado, (pessoalmente ou pondo na caixinha de correio pra dentro da casa) e pedir a sua referencia pra o seu perfil no site. É sempre bom adicionar aquele gato na sua galeria também.

Olhem aqui o meu perfil no Cat in a Flat:https://catinaflat.com/pet_sitter/2038

Necrotourism/Necroturismo

EN/   Necrotourism

PT/   Necroturismo

Screen Shot 2015-11-17 at 20.09.57

Glasnevin, Dublin

The term “Necrotourism” refers to getting to know cemeteries, tombs, mausoleums and etc, abroad in new cities you visit. You might gave this interest due to their architecture, Art, sculptures, or even because there are iconic figures of history, literature, music and so on.

Would you be interested in doing that?
Would you be able to walk normally around graves?

When I first got into this, I wasn’t even aware it was a practice. When I travelled to Venice in March 2011, I got to know there is an island called San Michele which is taken entirely by a cemetery. I took a ferry there and went exploring, and what a peaceful place away from tourists and Carnival celebrations.

PT/ O termo “Necrotourism” refere-se a conhecer cemitérios, túmulos, mausoléus e etc, no estrangeiro, em novas cidades a visitar. Você pode ter esse interesse devido a sua arquitetura, arte, esculturas, ou mesmo porque há figuras icônicas da história, literatura, música e assim por diante.

Você se interessaria em fazer isso?
Conseguiria andar normalmente entre túmulos?
Continue reading