One Peculiar Year/Um Ano Peculiar

dsc_00051

One Peculiar Year / Um Ano Peculiar

EN/ It’s been a year since I decided to create It is peculiar blog. I started with the support of the people closest, in order to share my experiences living abroad and some thoughts, to feel closer to those who are far away. I began also to follow blogs with the same essence and identify with these people, which made me learn a lot.

In this year of blog happened several things in my life, and here was a way to register everything. So I would like to look back to celebrate.

PT/ Já faz um ano desde que decidi criar o blog It is peculiar. Comecei com o apoio das pessoas mais próximas, com o intuito de compartilhar minhas experiências morando fora e alguns pensamentos, para me sentir mais próxima de quem está longe. Comecei também a acompanhar blogs com a mesma essência e a me identificar com essas pessoas, o que fez com que eu aprendesse bastante.

Nesse um ano de blog aconteceram várias coisas na minha vida, e aqui foi uma forma de registar tudo. Por isso gostaria de fazer uma retrospectiva para celebrar.


EN/
A Peculiar Year Peculiar that I … Continue reading

Advertisements

Rio 2016

wembleytosoweto1-620x465 copy

Group shot at Mirante Dona Marta, our 9 students with me and Joao Paulo (from Sao Paulo), Josh and Shawdon (from Arsenal course), Evandro from Fazendo Arte and producer David Westhead./ Foto em grupo no Mirante Dona Marta, nossos 9 estudantes comigo e com Joao Paulo (de Sao Paulo), Josh and Shawdon (do curso de Arsenal), Evandro do Fazendo Arte e o produtor David.

EN/   Once again I was invited by Wembley to Soweto, a project that in this edition had the Olympics as a background but started before the games with me mentoring photography and as translator helping the photographer John Cole to teach 9 young people the basics of photography. As well as technical introduction they were given practical tasks to engage with their community at Turano Favela in Rio, as well as taking pictures at locations in other sites of Rio to capture the response to the international event.

Similar to the project in Sao Paulo in 2014 (see photos on Flickr), we had a local institution in the favela called Fazendo Arte, which gave us support while teaching. It seems that I boost my passion for Photography when I am around young people who are interested and enthusiastic about the subject. Their questions, curiosity and hope gave me an extra will to follow my own dreams. See video of me teaching at Fazendo Arte here.

PT/  Mais uma vez fui convidada pelo Wembley to Soweto, um projeto que nesta edição teve os Jogos Olímpicos como base, mas começou antes dos jogos comigo de orientadora de fotografia e como tradutora ajudando o fotógrafo John Cole a ensinar 9 jovens as noções básicas de fotografia. Bem como a introdução técnica foram dadas tarefas práticas para eles se envolverem com sua comunidade na comunidade Morro do Turano no Rio, assim como fotografando em outros locais do Rio para capturar a resposta ao evento internacional.

Similar ao projeto em São Paulo em 2014 (veja fotos no Flickr), tivemos uma instituição local na comunidade chamada Fazendo Arte, que nos deu suporte nas aulas. Parece que eu aumenta a minha paixão pela fotografia quando estou ao redor de jovens que estão interessados e entusiasmados com o assunto. Suas perguntas, curiosidade e esperança me dão uma vontade extra para seguir os meus próprios sonhos. Veja o vídeo de mim ensinando na Fazendo Arte aqui. 

EN/ During the one week I worked with them, I saw the potential these young people from the favela have, and the difficulties they face to have a good future. We felt the impact of a city that was under construction few days before the Olympic Games start, and the lack of celebration and promotion for such an event that had huge expenses and made most of the population angry about it not being invested in education and public health.

Above all we felt very well welcomed there and the exchange of knowledge was incredible, specially overcoming the language barrier. Joao Paulo from the course in Sao Paulo joined us to help mentoring and translating just before 2 other students from Arsenal Josh and Shawdon arrived from London.

PT/ Durante a semana que trabalhei com eles, eu vi o potencial desses jovens da comunidade tem, e as dificuldades que enfrentam para ter um bom futuro. Nós sentimos o impacto de uma cidade que estava em construção alguns dias antes dos Jogos Olímpicos começar, e a falta de celebração e divulgação para um evento como esse, que teve enormes gastos e deixou a maioria da população indignada com isso não estar sendo investido em educação e saúde pública.

Acima de tudo, nos sentimos muito  bem-vindos lá e o intercâmbio de conhecimentos foi incrível, especialmente superando a barreira da língua. João Paulo do curso em São Paulo se juntou a nós para orientar e traduzir pouco antes de 2 outros estudantes do curso em Arsenal Josh e Shawdon chegarem de Londres.

 

EN/ Together we been to places that me, a Brazilian that lives abroad for almost 9 years would never be able to visit and photograph in Brazil if not in a group doing such amazing project together. We all hear that security in Brazil is an issue, I was robbed when I lived there and it’s sad that some people get “used” with the fact that this happens. Rio certainly holds the worst reputation on this, and for us from abroad sounds weird that people from favela (who are constantly sharing their community with drug dealers and their guns), are scared of walking in SAARA Street Market with cameras. On our last day when visiting favela Santa Marta we heard a shooting as the police was entering, it is a way drug dealers use to warn the top gangster they are coming up. Ironically, in the favela know for Michael Jackson’s videoclip “They Don’t Care About Us” while we here using a bar as a shelter, his song started playing. Nothing serious happened but we had to cancel our brief and I felt terrible for the people who have to live under these conditions.

PT/ Juntos, fomos a lugares que eu, uma brasileira que vive no exterior por quase 9 anos nunca seria capaz de visitar e fotografar no Brasil, se não em um grupo fazendo esse projeto incrível juntos. Todos nós ouvimos que a segurança no Brasil é um problema, eu fui roubada quando eu morava lá e é triste que algumas pessoas ficam “acostumadas” com o fato disso acontecer. O Rio certamente tem a pior reputação nisso, e para nós do exterior parece estranho que as pessoas da favela (que estão constantemente a compartilhando a sua comunidade com traficantes de drogas e as armas), tem  medo de andar no SAARA com câmeras. Em nosso último dia quando visitar favela Santa Marta, ouvimos tiros quando a polícia estava entrando, é uma maneira que traficantes usam para avisar o líder, eles estão chegando. Ironicamente, na favela conhecida pelo clip do Michael Jackson”They Don’t Care About Us”, enquanto nós usamos uma bar como um abrigo, sua música começou a tocar. Nada de grave aconteceu, mas tivemos de cancelar a nossa tarefa e me senti terrível pelas pessoas que têm de viver sob estas condições.

EN/ Through the days we could recognise the student’s preferences for different photographic fields, some more artistic, others aiming to photograph events and family which is a good business to get an income. They developed their confidence, learned by helping each other and opened up to new opportunities. The images taken by the students (and mine too) are being featured online at The Guardian’s website, you can check our work clicking here. These images will also be in an exhibition in a few months time in Brazil!

The photos I have taken there is on this album on Flickr.

The project´s website is wembleytosoweto.com

I would like to thank everyone for the amazing opportunity and wonderful time we had together!


PT/
Durante os dias pudemos reconhecer as preferências dos alunos em diferentes campos fotográficos, alguns mais artísticos, outros com o objetivo de fotografar eventos e famílias que é um bom negócio para obter uma renda. Eles desenvolveram a sua confiança, aprenderam ajudando uns aos outros e se abriram para novas oportunidades. As fotos tiradas pelos alunos (e minhas também) estão sendo apresentadas online no site do jornal britânico The Guardian, você pode verificar o nosso trabalho clicando aqui. Essas imagens também estarão em uma exposição em poucos meses no Brasil!

As fotos que eu tomei há neste álbum no Flickr.

O site projeto é wembleytosoweto.com

Gostaria de agradecer a todos pela oportunidade incrível e os momentos maravilhosos que tivemos juntos!

Podgorica, Montenegro

27651826046_5aedbcd7a6_z

View of Ribnica River/ Vista do Rio Ribnica

 

EN/  Podgorica is the capital of Montenegro, which is in the Adriatic Sea where we spent just one day before going to Croatia. When researching places to visit there, I noticed that it was little touristy despite the natural beauty of the Ribnica River which crosses the city. Getting there confirmed my impression of a half-empty city, but full of trees and small squares.

That one day was enough to create 3 blisters from walking and noted that the city is quite simple for a capital. I realized how much they are religious when entering the beautiful Basilica with the largest chandelier I ever saw in my life (photo below).

PT/  Podgorica é a capital de Montenegro, que fica no Mar Adriático onde passamos apenas um dia antes de ir pra Croácia. Quando pesquisava lugares para visitar lá, notei que era pouco turístico apesar da beleza natural do Rio Ribnica que cruza a cidade. Chegando lá se confirmou minha impressão de uma cidade meio vazia, mas cheia de árvores e pracinhas.

Esse um dia foi suficiente pra criar 3 bolhas nos pés de tanto andar e notar que a cidade é bastante simples para uma capital. Deu pra perceber o quanto eles são religiosos ao entrar na bela Basilica com o maior lustre que já via na vida (foto abaixo).

2016-06-08 15.05.06

Basilica (Hram Hristovog Vaskrsenja)

 

EN/  Leaving Podgorica by coach towards Dubrovinik in Croatia (post here), enabled me to see how the country’s coast is beautiful and worth visiting, much touristic than the capital itself. It was a bumpy ride of 4h to me full of curves and the bus was a little old and the toilet not in use. Podgorica is worth visiting if you are passing by and you dont need many days there to get a feel of the city.

To see city photos see this album on Flickr.
And see the places I visited on the map in this itinerary here.


PT/
Saindo de Podgorica de ônibus rumo à Dubrovinik na Croácia (post aqui), deu pra ver o quanto a costa do país é bonita e merece ser visitada, sendo assim muito mais turística do que a capital em sí. Foi uma viagem turbulenta de 4h pra mim cheia de curvas e o ônibus era meio velho e estava com o banheiro interditado. Vale a pena visitar Podgorica se você estiver de passagem e você não precisa de muitos dias para conhecer a cidade.

Para ver fotos da cidade veja esse album no Flickr.
E veja os lugares que eu visitei no mapa nesse roteiro aqui.