Feminine Behaviours/Comportamentos Femininos

EN/ Feminine Behaviours

In this post I intend to put together some behaviours that over the years I’ve been observing in women who live in London and compare them to the Brazilian women, questioning the way that Brazilians in general think about them.

1- Makeup

London – It is quite common to find women on the underground in the morning on their way to work doing their make up, or on the way back to go somewhere else. The ability is such that the movement of the train does not stop them, neither feel embarrassment when handling brushes and pencils among strangers.

Screen Shot 2015-10-21 at 11.15.45

Nice painting of girl doing make up/ Pintura legal de menina fazendo maquiagem.(Pinterest, ma-zaika.ru)

Brazil – I do not remember to see the last time I  have been there, no women apply makeup from foundation to the eyelashes mascara on any public transport. The max I saw discreetly put lipstick, or maybe they do this in the comfort of their cars?

2- Nail polish

London – Here you do not have the habit of removing the cuticles, or to get a manicure every week, unless you get very well paid. It is quite expensive, and usually women here adhere to the “do it yourself” (DIY), painting nails at home, or on the subway (yes, indeed). When doing manicure, they get fake nails, decorated and coloured polish or gelly. Here the gel practice is a bit more affordable, costing around 20 pounds only for hands, which guarantees to last around 15 days. The funny thing is that because it is not easily removable, unless you go to the beauty salon, nails grow leaving a strip of natural nail color. Sometimes not only a stripe, more than that.

Brazil – There is in Brazil a search for impeccability of nails, no matter the income of women, many manage to do their nails with a certain frequency as with a 15 reais (depending on the area and salon), can you do your feet and hands. Many do it  at home same, but different from Londoners, Brazilians care about the durability of the nail polish, and when they chip and reaches the fifth day, they get removed. It seems that there is a fear of seeing the unkempt fingernails, or to show that it’s time to revisit the salon. In London I see many chipped and poorly made nails, that sometimes only lasts the special event’s day.

Screen Shot 2015-10-21 at 11.07.05

Me this week, nail polish remover finished and I could only remove nail polish from one hand. Had to go out like this to buy more/ Eu essa semana, a acetona acabou e só deu pra tirar esmalte de uma mão. Tive que sair assim pra comprar mais.

3 – High Heels

London – Many women walk on heels on the very well levelled pathways of London, for going out, work, nightlife. If you take the subway in the morning peak hours, often see women with smart clothes matching her beautiful, TRAINERS! Yes, they go out with trainers, tights, skirt and social shirts, to extend comfort time.
They carry their heels in a plastic bag inside their hand bag, a pair of heels to change at work or on the underground, why not? Another moment shoes’ change  is on return from pubs and clubs. They go out with flats and carry the heels in the bag or hands, exchanging it in the middle of the street, putting the flats in the bag and wearing high heels. It is easier to spot it on the way back, because they are already tired of suffering on heels, and at the first opportunity, jump down from their high heels and wear flats.

Brazil – Maximum I’ve witnessed were women walking wonky because he could not walk anymore (what I see in London too), or walking barefoot on the way back. I think it worth adhering the flats on the way back from a dancing night out or taking your trainers on the way to work. Comfort should come first, after all.

Well these are the first observations. Correct me if I’m out of date!

Could you apply makeup on the underground or bus?
How often do you do your nails?
Would you face going out with trainers wearing smart clothes?
How about the idea of ​​taking flats in a bag to be able to take heels off?


PT/   Comportamentos Femininos

Nesse post pretendo juntar alguns comportamentos que ao longo dos anos eu venho observado nas mulheres que moram em Londres e compará-los aos das mulheres brasileiras, questionando a forma que brasileiros em geral pensam sobre os dois.

1- Maquiagem

Londres – É bem comum encontrar mulheres no metrô se maquiando no caminho pro trabalho de manhã, ou na volta dele pra ir em algum lugar. A habilidade é tanta que o balanço do trem não impede, muito menos têm vergonha de manusear pincéis e lápis entre pessoas desconhecidas.

Brasil – Não me lembro de nas últimas vezes que estive de passagem, ver nenhuma mulher se maquiar desde a base até a mascara de cílios em nenhum transporte público. No máximo vi colocarem discretamente baton, ou será que fazem isso no conforto dos seus carros?

2- Esmaltes e unhas

Londres – Aqui não se tem o costume de tirar as cutículas, nem de ir à manicure toda semana, a não ser que você ganhe muito bem. É bastante caro, e normalmente as mulheres aqui aderem ao “faça você mesmo” (DIY), pintando as unhas em casa, ou no metrô (sim, também). Quando vão à manicure, colocam unhas postiças, decoradas e coloridas ou as pintam com esmalte de gel. Aqui essa prática é um pouco mais acessível, custando por volta de 20 libras só as mãos, o que garante durar uns 15 dias. O engraçado é que por não ser de fácil removeção, a não ser que você vá ao salão de novo, as unhas crescem deixando uma faixa da cor natural das unhas. As vezes não só uma faixa, mais que isso.

Screen Shot 2015-10-21 at 11.10.04

This is what I mean when your nail starts growing. / É isso que quero dizer quando a unha cresce com esmalte de gel.

Brasil – Existe no Brasil uma busca à impecabilidade das unhas, não importa a renda da mulher, muitas conseguem ir à manicure com uma certa frequência já que com uns 15 reais (dependendo da região e salão), dá pra fazer pé e mão. Muitas fazem em casa mesmo, mas diferente das Londrinas, as brasileiras se preocupam com a durabilidade do esmalte, e quando descascam e chega ao quinto dia, já retiram. Parece que há um medo de verem as unhas descuidadas, ou denunciar que está na hora de ir ao salão. Em Londres vejo muitas unhas descascadas e mal feitas, que as vezes duram só o dia do evento especial.

3 – Salto Alto

Londres – Muitas mulheres andam de salto pelas calçadas bem niveladas de Londres, pra passear, trabalhar, badalar. Se você pega o metrô no horário de pico da manhã, verá frequentemente mulheres com roupas sociais combinando com seus lindos, TÊNIS! Sim, elas saem de tênis, meia calça, saia e camisa social para prolongar o conforto. Levam em uma sacola na bolsa, o par de saltos para trocar no trabalho ou no metrô mesmo, porque não? Outro momento de troca de sapatos é na ida e volta de pubs e discotecas (porque sou das antigas e não falo balada). Elas vão de sapatilha e carregam os saltos na mão ou na bolsa, trocam no meio da rua, guardando as sapatilhas e calçando o salto alto. Na volta é mais certeza de ver isso, porque já estão cansadas de ficar sofrendo em cima deles, e na primeira oportunidade, descem do salto literalmente e calçam as sapatilhas.

Brasil – No máximo que eu já presenciei foram mulheres andando tortas por não conseguir mais andar (o que vejo em Londres também), ou andando descalças na volta. Acho que vale a pena aderir às sapatilhas na volta da noite dançante ou o tênis na ida ao trabalho. Conforto deveria estar em primeiro lugar no final das contas.

Screen Shot 2015-10-21 at 11.11.50

There is even flats that folds and comes with its own bag. / Tem até essa sapatilha dobrável que você pode comprar, e vem com uma bolsinha.

Bom essas são as primeiras observações. Me corrijam se eu estiver desatualizada!

E você, conseguiria se maquiar no metrô ou ônibus?
Com qual frequência fazem as unhas?
Encararia sair de tênis e roupa social?
E que tal a idéia de levar uma sapatilha pra poder tirar o salto?

Advertisements

6 thoughts on “Feminine Behaviours/Comportamentos Femininos

  1. Acho que tirando o quesito de ainda a maioria não suportar as unhas sem esmalte (o que já está timidamente mudando, o restante está na mesma. Lembro de quando morei em sp e via as mesmas atitudes no metrô quanto à maquiagem, eu mesma não tenho coragem de fazer em público, já as unhas fazia até durante as aulas nos laboratórios da faculdade ou na sala de estudos fazendo trabalho, rsrs…
    E pessoalmente, vou de tênis ou sapatilha pra balada ou pubs, já que aqui as calçadas são desniveladas e cheias de buracos-surpresa pra ajudar o meu desequilíbrio natural…..

    Like

    • O que eu acho mais interessante nesse hábito de se maquiar no metrô é que as que fazem, é porque realmente querem e gostam. Não importa a correria nem lugar.
      Nossa, já eu não tenho coragem de pintas as unhas porque o cheiro do esmalte denuncia muito, e me preocupo que alguém possa ter alergia hahaha

      Like

  2. Homens também costumam ir pro trabalho de terno, gravata e tênis de corrida. Bem normal ver isso nas regiões centrais. E também tem homem que faz a unha. Eu me contento em cortar e você lixar pra mim HAHA.

    Outro detalhe que percebi nas mulheres no transporte público aqui e não me lembro de ter visto a mesma coisa no Brasil é que elas lêem muitoa livros. Muito mais que os homens. Pra cada homem lendo livros ou kindles tem 10 mulheres fazendo o mesmo.

    Like

    • Mas esses homens não levam sapato pra trocar né? Nunca vi nenhum carregando nada.
      Cortar e lixar deveriam ser parte da rotina de higiene básica dos homens hahaha

      Interessante essa sua observação sobre os livros!

      Like

  3. Vejo muitos desses costumes mas não na baixada, já nas capitais como São Paulo, Rio de Janeiro…se maquiar nos transportes públicos é um comportamento comum, já que as pessoas andam mais bem vestidas e arrumadas por lá. Na praia é mais difícil de ver, pra ser sincera, até hoje só vi poucas vezes pessoas se maquiando nos ônibus.
    Já as unhas as mulheres brasileiras têm uma verdadeira obsessão por unhas bem feitas, eu sinceramente nunca me importei muito, e sempre sou criticada por isso.
    O uso de um sapato mais confortável é uma ideia genial. Mas pra ser sincera nunca levo, porém sempre me arrependo, porque no final do dia ou da noite os pés já não aguentam mais, mas o porém é ter q ficar carregando sempre um par de sapatos na bolsa.

    Like

    • Acho que com o tempo e frequência, as mulheres acabam pegando essa mania de levar sapatilha pra depois da noitada. Dá dó de quem é obrigada a trabalhar de salto (o que não deveria existir), essas sim têm que sair de tênis e roupas sociais sem pensar na vergonha alheia.

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s