Conscious and Braveness/Consciente e Coragem

Screen Shot 2015-10-07 at 16.08.47

Innocent Fun at Favela Jardim Colombo, Sao Paulo, Brasil.

EN/   About Conscious and Braveness 

Over the years I realised that my courage to the adventures, changed a little its attitude. The maturity made me more conscious and aware of danger, a vision of possible variables that can make things go wrong, and not only wrong, being unsafe.

Always noticed that people who never had such an experience and are the optimistic type, are even somewhat naive when facing situations and end up running into something worse than imagined and discover they were not prepared for that.

The lack of knowledge about a subject that individual immune to fears and insecurities, perhaps braver and therefore happier, since there is nothing to worry about.

From the moment that you have an understanding of the problems around you, either about work, marriage, family or personal, is enough to prevent yourself, thinking and worry about them, beginning to develop ways to solve them. This would already cause some anxiety, but if the individual is not aware of these problems, or are not seeing them clearly, would never give proper attention until it comes to an extreme that reaches directly to then, forcing a reacting to it.

I always wonder: will be better to have the knowledge and prepare for it, which involves concern and anxiety, or to keep away from them and they just have an attitude when there is an explosion?

Photograph from Brazil 2014 project, on Wembley to Soweto Workshop during Brazil 2014 World Cup. See all photos on my Flickr.



PT/   Sobre Consciente e Coragem

Com o passar do anos fui percebendo que a minha coragem para as aventuras, mudou um pouco de postura. A maturidade trouxe uma consciência de perigo mais alerta, uma visão de possíveis variáveis que possam fazer as coisas darem errado, e não só errado, passam a não ser seguro.

Sempre notei que as pessoas que não nunca tiveram tal experiência e são os ditos otimistas, são até um tanto quanto ingênuos ao enfrentar as situações e acabam se deparando com algo pior do que imaginavam e descobrem não estarem preparados para aquilo.

A falta do conhecimento sobre um assunto torna aquele indivíduo imune de medos e inseguranças, talvez mais corajoso e consequentemente feliz, já que não há com o que se preocupar.

A partir do momento que você tem um entendimento dos problemas ao redor, seja sobre trabalho, conjugal, familiar ou pessoal, já é o suficiente para se prevenir, pensar e se preocupar sobre eles, começando a elaborar formas de solucioná-los. Isso já causaria certa ansiedade, mas se o indivíduo não está a par desses problemas, ou até não os conhece a fundo, nunca dará atenção apropriada até que chegue à um extremo que o atinja diretamente para então tomar uma atitude sobre isso.

Eu sempre me pergunto: será melhor já ter o conhecimento e se preparar pra isso, o que inclui preocupação, ou então ficar avulso à eles e só tomar partido quando houver uma explosão?

Fotografia tirada do projeto Brazil 2014, com Wembley to Soweto Workshop durante a Copa do Mundo Brasil 2014. Veja todas as fotos no meu Flickr.

Advertisements

2 thoughts on “Conscious and Braveness/Consciente e Coragem

  1. Aventureiros são mais vulneráveris, mas também possuem mais conhecimento, pois “experimentaram” situações que lhes podem dar parâmetro e “conhecimento” da causa. Diria que viver já é uma aventura, estamos a todo momento expostos à perigos aleatórios, por que não se aventurar e deixar a vida nos ensinar o que é bom ou ruim? Afinal a vida é aquilo que está passando enquanto fazemos planos para o futuro.

    Like

    • Muito obrigada pelo seu comentário senhor Falconi.
      Se aventurar é preciso sim, mas a questão que quis trazer com o texto foi outra.
      Quando as pessoas passam um tempo analisando melhor as coisas, tem mais chances de acertar, e por contrapartida, as pessoas que não fazem o mesmo ficam bastante acomodadas por não saber analisar e acabam não descobrindo o que realmente poderia ser, sem antes de estrepar. haha
      Talvez eu tenha que desenvolver esse pensamento melhor e escrever novamente.

      Liked by 1 person

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s